Sessão Porta-Jóias

.
    Para a comemoração dos 20 anos da Marré Infinito queremos estar mais próximos das nossas clientes, ouvindo a história que cada uma tem com a Marré Infinito. Para isso criamos a Sessão Porta-Jóias na Revista MI ID, e abrindo a seção convidamos a cliente Jê, que compartilhou conosco a sua história de relacionamento com muito carinho. Quer saber o que ela disse antes de chegar a sua revista? Colocamos o depoimento com aqui no blog Marré:

.

“Da caixinha que guarda as jóias, ao ser que as usa, vai um longo caminho!
Enfeites são um apelo aos olhos, o sinal do tamanho de nossa auto-estima, o indicador de nosso estilo pessoal. Cada um tem o seu: único e inconfundível.
De um lado, o trabalho de criação, de outro a vitrine, entremeando e identificando gostos, tendências, modismos e muito profissionalismo.
O ponto de equilíbrio é a sintonia do encontro.
Alguns fatos e pessoas marcam de forma tão inusitada certos momentos de nossa vida que num estalar de dedos ou pinçar de memória, todas as imagens, tons e sons surgem como se fossem de agorinha mesmo.
Cheguei à primeira feira Bijóias de 2003, sem quase nada saber sobre o que encontraria. De cara, uma joia: Marré!
Fora a mineirice em comum, imediata empatia e o tal amor à primeira vista da qualidade e bom gosto expressos no design criativo das peças expostas pela Marré Infinito.
A sinergia daquele espaço me encantou e se tornaria um de meus pontos de referência.
Costumo dizer que minha marca preferida é a fidelidade que se conquista com simpatia, afinidade, bom atendimento…
E a gente vai ficando tão chegado do dono da casa, que o cafezinho vira festa na cozinha, com direito a pão de queijo, bolo e piadinha. Quantas risadas boas com o Sr. Carlos, enquanto fechavam a fatura… A cada encontro, uma anedota nova. Colorido da vida.
Depois, vieram os álbuns de fotos, o primeiro netinho, a gradual transferência de gestão para a Patrícia, as novidades boas.
Criamos laços. Construímos pacotes de afetos! Embalamos gente!
E nos surpreendemos com a força e poder que determinada criação exerce sobre nós e outras pessoas.
Não raras vezes, peças que separei para meu uso pessoal – afinal o marketing começa aí – foram exatamente as escolhidas pelas clientes!
Mudança de colo, de mãos, de ciclo, de pontos, mudança de contos.
Não se chega aos 20 anos sem muitas histórias pra contar!
Pérolas que cultivamos, transformamos em colares lindos, guardamos mais na alma que na mente. Preciosidades preservadas num porta-jóias eterno, imenso, repleto de amores, modelos e cores inspirados no grande artesão da vida. Infinito!
Fazer parte desta história me enche de orgulho! Sou pura gratidão! Tim-tim!
Jesualda Tavares”
.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat