Tudo azul com a sodalita

Rara, a sodalita é um mineral de coloração azul que foi descoberto em 1806 na Groenlândia. A pedra só entrou para a joalheria a partir de 1891, quando foram encontrados vastos depósitos da gema em Ontário, Canadá. Desde passou então a ser chamada de “Azul Princesa” em homenagem à Princesa Patrícia, que visitou Ontário algum tempo depois de descoberta da pedra e escolheu a sodalita para decorar o interior de Marlborough House na Inglaterra.
A sodalita também pode ser encontrada em tons de cinza, amarelo, verde ou rosa, sendo quase sempre manchada de branco, o que diminui seu valor. Pode ser lapidada em forma de cabochão ou contas, de maneira que sempre agrega muita beleza e brilho às joias e semijoias
Quando azul, assemelha-se ao lápis-lazúli, dele diferindo pela densidade e pela presença de pirita, rara na sodalita. Seu azul é diferente, sendo do tipo azul royal e não ultramarino, como o lápis-lazúli e a lazurita.
Importantes depósitos de sodalita são encontrados em poucas localidades: Bancroft, Ontario e Mont-Saint-Hilaire, Quebec no Canadá, e Litchfield, Maine e Magnet Cove, Arkansas nos Estados Unidos. Jazidas menores são encontradas na América do Sul (Brasil e Bolívia), Portugal, Romênia, Myanmar e Rússia.
Na moda atual a gema se destaca por sua cor forte e exuberante, que combina com diversos looks. A Marré Infinito destaca a beleza da pedra em semijoias com design exclusivo, que evidencia ainda mais a força da gema. Conheça e se apaixone!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat