A Mulher e o Diamante


A Mulher e o Diamante
Os diamantes foram descobertos na Índia há mais de 3mil anos. Por muito tempo eles eram usados brutos, pois é o mineral de maior dureza do mundo e os povos antigos não sabiam como lapida-lo.
Os diamantes são tão especiais que apesar de ter a mesma composição do grafite, carbono puro, apresenta características especiais como a dureza, cor e refração da luz, por terem sido formados a temperatura
de 1500oC em profundezas de até 150km da Terra, dizem que são tão antigos quanto o planeta. Pedras sempre cobiçadas, com o passar
do tempo, o homem desenvolveu as técnicas para sua lapidação. O nome diamante tem origem na palavra grega, adamas, que significa indomável, invencível. Na antiguidade era usado apenas
pelos homens. Na atualidade eles são a representação máxima do amor e da feminilidade e sem dúvida, mais do que nunca, o significado do seu nome ilustra a mulher moderna com todo o seu vigor. Sim, somos indomáveis, fazemos tudo por amor, vivemos a vida intensamente, servimos, cuidamos, nos doamos, mas queremos ser valorizadas e respeitadas. Não abrimos mão do protagonismo das nossas vidas. Podemos amar e ser amadas, mas jamais vamos deixar
calar a nossa voz. Somos invencíveis, pois somos abençoadas com um vigor incansável, uma capacidade infinita de absorver tarefas e dar conta de mais uma responsabilidade, fazemos tudo com bom humor e com muito amor.
Para nos derrubar fica difícil porque todos dependem de nós, somos auto imunes, quase não ficamos doente, toleramos a dor e suportamos a pressão. Somos sempre o ombro amigo e o colo para nossos filhos.
Cuidamos da casa, do alimento e também do coração. Nascemos brutas, assim como um diamante, os desafios da vida vão nos lapidando, revelamos a cada experiência uma nova faceta deste ser tão magnífico e cheio de brilho que é a mulher. Brilhe como um diamante!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat